DOS QUESTIONAMENTOS!

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018





Reflita aí.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Todo vácuo é uma resposta, talvez não tão clara, talvez não tão direta, mas é. Quando você soma os vácuos, um por um, pedacinho por pedacinho de evasivas, fugas, ignoradas, a mensagem é clara: não há interesse, pelo menos, não nesse momento. Porque às vezes as pessoas não têm a capacidade e honestidade de serem claras e diretas, e mantém a atenção dando pílulas de momentos bons e no resto do tempo... vácuos, vácuos, vácuos. É só uma tentativa de te deixar ali, no radar, na sombra.

Por isso, é importante saber interpretar os sinais, interpretar os silêncios, interpretar as distâncias propositais, os muros criados. As pessoas, quando estão interessadas, arranjam tempo, fazem malabarismo para estar junto, encontram 5 minutinhos para se fazer presente e mostrar que querem. Caso contrário, empilham suas outras prioridades afetivas e colocam quem não desperta muito interesse lá na região dos vácuos e falta de reciprocidade.

Então, infelizmente, ou felizmente para você acordar, é preciso entender que todas aquelas respostas não dadas, toda aquela vibe diferente, quando você estava super animado para falar e o outro te tratava como uma almofada no sofá ou um abajur da sala, tudo isso, mesmo que seja dolorido, é uma resposta: não há interesse agora e, talvez, nunca.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Retornei às aulas na faculdade hoje. Reencontrei meus migles, matamos as saudades e o bacana foi ver que nós, eu e meu cluster, ainda temos a mesma energia e ligação que criamos na season one. Tudo muito bem, tudo muito lindo, mas fiquei na maior expectativa mesmo foi de reencontrar quem eu queria: o crush. Mas acabei não encontrando. Fiquei um pouco decepcionado? Fiquei! Mas vida que segue.

CARNAVAL DA DEPRESSÃO

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Cabô carnaval. E o que ficou? Uma imensa frustração pelas coisas terem saído do meu controle. E algumas outras não terem acontecido. Odeio quando isso acontece! Como não consegui concluir meu objetivo de viajar (o que me deixou fulo da vida) o jeito foi ter que aceitar e ficar por aqui, pela minha cidade mesmo e aproveitar. E fui curtindo do meu jeito mesmo, devagar e tranquilo. Apreciando de longe a muvuca dos bloquinhos que se formavam em certos pontos da cidade. Mas não foi do todo mau ter ficado por aqui, foi ótimo por um lado, por que pude fazer uma autorreflexão sobre o quanto eu mudei e percebi que não sou mais aquele menino de vinte anos, que costumava ter uma enorme disposição por estar no meio do povão, pulando e curtindo como se não houvesse amanhã. Não mais. Hoje eu me percebo uma pessoa que procurar algo mais moderado. Algo que mescle um pouco de cada mundo, e eu me sinto bem assim. Eu fiquei chateado por não ter viajado? Fiquei! Mas eu não trocaria essa sensação de  bem estar comigo mesmo que tô sentindo agora por nada. E que venha 2019.

OLÁ,TENHO INTERESSE!

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Quem tem interesse, não esconde. Te chama pra conversar durante o dia, não esquece de te dar bom dia e nem boa noite. Pergunta se está tudo bem no final do dia. Te faz rir, interessa pelas coisas que você faz. Quer saber do seus pais, amigos e papagaio. Pergunta da sua história, dos seus sonhos.

Quem está interessado, não perde tempo. Quer encontrar meio de semana e principalmente no final de semana. Observa os detalhes. Te deixa escolher o filme e o local pra sair. Anda de mãos dadas sem medo. Te beija, te abraça, faz cafuné. Quer estar perto e odeia estar longe. Te apresenta para os amigos e família. Não esconde o que se sente porque é nítido o interesse. Tem medos, mas segue em frente pra estar com você. Quem tem interesse não tem problema nenhum em retribuir e detesta joguinhos sentimentais.

Não se engane se a pessoa que você tiver não fizer pelo menos boa parte do que citei, ela está enrolando, com certeza. Você vai saber quando ele(a) tiver afim, interesse. É nítido. Não dá pra esconder ! Você sabe e por isso você vai soltando suas amarras.

Conhecer alguém que vai criando uma atmosfera pra te deixar a vontade, é maravilhoso. Isso nos faz sentir segura (o) e pronta pra amar novamente. Nos faz ter medo, mas com coragem pra arriscar. A diferença entre alguém que está realmente afim, de uma que tem o mínimo de interesse, é gritante, e você precisa enxergar os detalhes pra preservar suas expectativas e coração.

Mas te digo com toda certeza, se você tiver certeza do interesse e tiver também afim, se joga! Responda as mensagens sem ficar fazendo joguinhos. Marca de sair sem enrolar. Mostre que você também tem interesse, deixa a pessoa segura também. Não deixe de viver grandes momentos por medo. Vai ser feliz ! O importante é embarcar num sentimento gostoso e não perder tempo. A vida passa tão rápido, né?

Encontrou reciprocidade? Fica e arrisca.

Texto por: Déborah Izy.

NÃO É NÃO!

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

A cabeça está tão cheia, pensando em tantas coisas ao mesmo tempo, tantas preocupações que chega dói. Eu deveria me desligar e aproveitar por justamente ser carnaval. Mas não estou conseguindo relaxar de jeito maneira..

Mas nem só de preocupações é feito o carnaval. Nesses quase três dias de folia, eu sofri uma quase tentativa inusitada de assalto. Sim,inusitada! No retorno pra casa, na sexta, eu fui abordado por um cara de bicicleta que sem meias palavras me solicitou o meu boné ! Em vista da negativa que eu dei, ele tentou argumentar os motivos pelos quais eu deveria dar o boné que ganhei de presente do meu sobrinho pra ele! E mais uma vez, eu neguei e disse que não haveria uma terceira vez. Afinal de contas:



Não dá pra não ficar frustrado por algo que você queria tanto que acontecesse, e que por fim acabou não acontecendo,né!?


QUE TIRO FOI ESSE?

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Meu Deus! Salvem-se todos! Que semana foi essa?

* Na segunda: Chuva que não parava mais e minha mãe quase tendo um troço.

* Na terça: Rolou um acidente de carro bem na porta do meu trabalho. Ninguém ferido.

* Na quarta: Reunião trevosa e estressante no trabalho.

* Na quinta: Clima pesado e um bate boca daqueles por conta da reunião do dia anterior.

*Na sexta: Um quase roubo de celular do coleguinha e bafão de gente surtando com isso.


Definitivamente essa semana foi pesada e cheia de momentos sinistros que eu prefiro deixar de fora desse espaço por se tratar de um lugar para dividir amor com os meus leitores queridos. E que a semana de carnaval seja uma semana para limpar todas essas impurezas e urucubacas possíveis e inimagináveis,pra começar BEM o ano de 2018. Que como vocês sabem, só começa depois do carnaval.

Apesar de tudo isso, a única coisa que eu queria que acontecesse era ter recebido aquela mensagem que fiquei de receber e até agora não recebi. Porém,ainda no aguardo!  :)

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Hoje foi um dia daqueles. Sabe quando as coisas vão tudo bem e do nada acontece aquele plot twist e tudo vira de cabeça pra baixo? Então!

INFLAMADO.

Essa seria a palavra que definiria melhor o meu estado de espírito neste momento. Quando uma coisa não vai bem a tendência é que o domino caia e derrube todas as peças que estão em pé,correto? correto! Olha tem sido uma prova de fogo passar por esse ciclo sem se queimar, são tantas mazelas que você até duvida que isso vai ter fim mesmo. Por que termina um problema e logo na rabeta inicia-se outro três vezes pior. Mas eu tô dando conta, eu tô levando e administrando de uma forma que está dando pra contornar. Mas até quando? Eu tenho me sentindo cansado de tudo isso. O que me sustenta nessa narrativa repetitiva é que mesmo com todas essas dificuldades, eu estou conseguindo identificar 'pontos cegos' na minha pessoa, que antes eram imperceptíveis. E com eles tenho aprendido dia após dia. Mas olha, tá foda.com lidar com essas pauladas dia após dia. Mas uma hora isso acaba. Fé no pai! Amém!

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Carnaval chegando e a ansiedade tá à mil aqui. Tantas coisas pra resolver antes de cair na folia, que eu só espero que nada dê errado e eu tenha que abortar meus planos!  Essa semana será uma semana cheia, tenho um pepino gigantesco para resolver, mas espero que até quinta-feira eu consiga solucionar todas as pendências e ficar livre pra pular o carnaval . Oremos!



sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Desde que dei uma pausa na minha terapia, eu tenho passado por alguns altos e baixos significativos. Mas tenho segurado a onda com louvor (diga-se de passagem). Tenho respirado fundo e contado até dez em todas as situações em que me vejo numa sinuca de bico. Mas tem dias que é foda demais não estar tendo um acompanhamento clinico. O que tem me ajudado e me dado um suporte pra não surtar de vez é o blog. Por mais que eu não escreva aqui nem um terço do que eu passo, é aqui que compartilho algumas coisas mais relevantes que tem me ajudado a me livrar de pequenas cargas energéticas. Mas confesso que ultimamente tenho sentido um desânimo tão grande em escrever aqui. Tá rolando um bloqueio criativo real na minha cabeça. Eu espero que isso passe logo.


 
LAYOUT BY: JOSÉ