CARNAVAL DA DEPRESSÃO

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Cabô carnaval. E o que ficou? Uma imensa frustração pelas coisas terem saído do meu controle. E algumas outras não terem acontecido. Odeio quando isso acontece! Como não consegui concluir meu objetivo de viajar (o que me deixou fulo da vida) o jeito foi ter que aceitar e ficar por aqui, pela minha cidade mesmo e aproveitar. E fui curtindo do meu jeito mesmo, devagar e tranquilo. Apreciando de longe a muvuca dos bloquinhos que se formavam em certos pontos da cidade. Mas não foi do todo mau ter ficado por aqui, foi ótimo por um lado, por que pude fazer uma autorreflexão sobre o quanto eu mudei e percebi que não sou mais aquele menino de vinte anos, que costumava ter uma enorme disposição por estar no meio do povão, pulando e curtindo como se não houvesse amanhã. Não mais. Hoje eu me percebo uma pessoa que procurar algo mais moderado. Algo que mescle um pouco de cada mundo, e eu me sinto bem assim. Eu fiquei chateado por não ter viajado? Fiquei! Mas eu não trocaria essa sensação de  bem estar comigo mesmo que tô sentindo agora por nada. E que venha 2019.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

 
LAYOUT BY: JOSÉ