sexta-feira, 29 de setembro de 2017

os dias tem passado tão lentamente e tenho me sentido muito apático a tudo. as coisas estão acontecendo e a única coisa que eu desejo é dormir,dormir e dormir. a cada dia que passa eu me sinto cada vez mais desconectado,mais disperso das coisas que acontecem ao meu redor. essa semana resolvi passar toda na casa da minha mãe. senti uma aversão sem tamanho de ficar sozinho no meu apartamento.bem ou mal,pelo menos aqui eu tenho alguém para conversar.






eu sempre falo sobre você para a minha terapeuta. e desta vez o tom da nossa conversa foi mais sério.

essa ultima sessão me deixou extremamente incomodado. conversei sobre a ultima mensagem que você me enviou e o impacto que ela me causou. não foi fácil ler aquela mensagem carregada com uma energia irritadiça e um quê de incomodo. a sensação que tive na hora em que eu li a mensagem foi a mesma sensação de quem recebe um soco em cheio no meio do peito. senti um nó na garganta e uma inquietação fora do normal. fiz alguns exercícios de respiração para poder voltar ao meu estado normal. quase chorei,mas consegui segurar a onda. no final a terapeuta me indicou uma música da Ana Carolina para que eu fizesse uma reflexão sobre toda aquela situação.


Um comentário :

  1. adorei esse quadro. se eu tivesse de dar pras pessoas de quem falo na terapia, ia precisar de uns 100 :P

    qual música ela te indicou?

    ResponderExcluir

 
LAYOUT BY: JOSÉ